90% dos aplicativos para criptomoedas tem “problemas”

A maioria dos aplicativos de carteira para criptomoedas não atendem uma necessidade básica: segurança.

Em uma pesquisa da empresa de segurança de São Francisco High-Tech Bridge com base em uma análise de mais de 2.000 aplicativos da Google Play dos 30 primeiros aplicativos com até 100.000 instalações totais, 93% contêm pelo menos três vulnerabilidades de “risco médio” e 90% contêm pelo menos dois problemas de “alto risco”.

Entre os aplicativos mais baixados, os números são pouco melhores, mas não muito. Noventa e quatro por cento dos aplicativos com mais de 500.000 instalações contêm pelo menos três vulnerabilidades de “risco médio” e 77% contêm pelo menos duas vulnerabilidades de alto risco.

As vulnerabilidades mais comuns, de acordo com a pesquisa, incluem “armazenamento de dados inseguro”, o que significa que informações que devem ser privadas podem ser vazadas.

 Em suma, isso significa que os usuários podem estar em risco.

“Dependendo da funcionalidade, design e vulnerabilidades do aplicativo, é possível um amplo espectro de incômodos, até dados confidenciais e até o roubo da carteira (chave privada)”, disse Ilia Kolochenko, CEO e fundador da High-Tech Bridge:

“Infelizmente, não estou surpreso com os resultados da pesquisa”. Disse Ilia.

Kolochenko atribui os resultados, a falta de ênfase na segurança em toda a fase de desenvolvimento dos dispositivos móveis.

Leia também  Como as criptmoedas funcionam?

“Durante muitos anos, as empresas de segurança e especialistas independentes notificaram os desenvolvedores de aplicativos móveis sobre os riscos do desenvolvimento que normalmente não implicam nenhuma estrutura para garantir a segurança dos aplicativos”, acrescentou.

Usuários e desenvolvedores podem usar a ferramenta de análise de segurança da empresa, o Mobile X-Ray, para verificar aplicativos móveis e constatar se há vulnerabilidades.

A empresa de tecnologia destaca que sua pesquisa não está completa, a análise apenas verificou o frontend dos aplicativos e pode haver outros problemas no backend.

O relatório destaca: “Este é apenas a ponta do iceberg”.

Guia do Bitcoin

Previous:

Aumentos recentes do Ethereum tem impulsionado valor da NVIDIA
Postado em novembro 29, 2017

Next:

Bitcoin na Nasdaq? Uma realidade muito próxima!
Postado em novembro 29, 2017

Quer fazer uma doação e ainda conhecer uma celebridade pagando em Bitcoin?

Quanto você pagaria para conhecer seu cantor favorito ou jogador de futebol? E, se você pudesse pagar com moedas digitais? Uma plataforma de leilões na Internet, a CharityStars, planeja fazê-lo, anunciando…

0 Comentários

Leilão de domínio Ethereum: mercado indica interesse por aplicações

Depois de um início tímido no semestre passado, um projeto intitulado “Ethereum Name Service” (ENS) está atraindo bastante capital. Milhares estão competindo por nomes Ethereum que estão sendo leiloados pelo…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link