6 Cartões de Débito Bitcoin: A Batalha pela superioridade (Teste de Comparação)

Neste post iremos comparar os 6 melhores cartões de débito Bitcoin do mercado, começaremos desde o primeiro cartão lançado até o mais novo, e no final então deixar que você escolha o vencedor.

cartoes-de-debito-bitcoin-comparacao

Com certeza num futuro próximo, crescerá o número de negociações em bitcoin, mas ainda há um longo caminho pela frente. O que temos certeza é que a tecnologia superior, vence, mas o mundo ainda é executado em “plástico”, porém a comunidade empresarial Bitcoin está avançando e oferecendo mais e melhores opções de cartão de débito nos últimos três anos. Vamos começar com o primeiro a chegar ao mercado, isso por volta de 2013.

 

BitPlastic

Este foi o primeiro cartão de débito Bitcoin do mundo, começou em 2013 quando os outros cartões eram apenas um sonho para as outras corporações, mas o mundo mudou muito em três anos. Bitplastic? Não muito. Ele vem com uma carteira Bitcoin, um carrinho de compras on-line para aceitar pagamentos Bitcoin em seu site, e uma troca via PayPal. O cartão não requer qualquer identificação para ser liberado, pra que não haja roubo de identidade por meio da centralização das informações no sistema da empresa. Seus serviços web também são compatíveis com a rede TOR, ele quase que incentiva o usuário a a usar um nome falso e um e-mail Tor. Sendo assim, como o bitplastic não requer sua identidade, seu nome também não estará impresso no cartão. Ótimo pra quem quer permanecer anônimo, mas péssimo pra achar algum comerciantes que irá aceitar um cartão sem nome. Bitplastic é Mastercard, uma das maiores redes de cartões do mundo, só tome cuidado, caso perca seu cartão perde todo seu bitcoin.

Bitplastic de longe é o mais caro da nossa lista, para obter o cartão são cerca de 0,25BTC quase US$150, limites de saque diários de apenas US$200, a taxa de manutenção é baixa, somente US$1,50, mas há uma taxa de conversão de 5% do valor da transação para converter de bitcoin para dólar.

Shift        shift

Shift trabalha em associação com a carteira Coinbase (a mais popular), Dwolla, e Visa, por isso tem uma base sólida para operar, com milhões de estabelecimentos disponíveis no mundo inteiro. Ele é o primeiro desse tipo nos EUA, apesar da rígida regulamentação restringir o acesso desse tipo de cartão aos consumidores dos EUA, o Shift tem conseguido driblar essas barreiras. Como benefícios, temos um aplicativo responsivo móvel para “notificações de gastos imediatos”, sem nenhum custo para as transações nacionais (nos EUA), nem qualquer taxa de conversão do BTC para fiat. O cartão em si é bastante razoável, custando apenas US$10. Ele está disponível somente para consumidores dos EUA, mesmo assim somente para 45 estados, os limites diários são de US$ 1.000 para usuário não identificado, mas para aqueles que apresentarem a documentação, os limites podem ser aumentados. Usuários de contas Dwolla podem obter US$ 500 por dia a partir de um caixa automático. A Coinbase limita a apenas US$ 200.

Leia também  Bitcoin não é um negócio pequeno: Bitfury já fatura mais de $100 milhões anualmente

Wirexwirex

Wirex foi rebatizado ano passado do antigo cartão E-Coin. As vantagens do Wirex são, um app responsivo móvel, várias moedas disponíveis (USD, EUR, GBP), e entrega em todo o mundo. Além disso, não há limite para o valor das compras feitas on-line. As desvantagens são, uma taxa de notificação SMS mensal. Já o preço para a confecção do cartão é de US$ 17 para o cartão físico e de US$ 3 para o cartão “virtual”, que é usado para compras on-line, e limites sobre cargas de cartões e saques em dinheiro sem identificação. O limite de retirada em caixas automáticos é de US$ 1.000 e o depósito máximo no cartão é de US$ 2.500, mas os limites em caixas automáticos e limites de carga são totalmente removidos após a apresentação da identificação.

Xapoxapo

Xapo é outro velho conhecido na comunidade Bitcoin, começando suas operações como uma empresa por volta de 2013. Xapo não atende os principais mercados como a China, Japão, Canadá e Reino Unido. O Xapo não atende a maioria dos países africanos (com excepção da África do Sul) e os Estados Unidos. Xapo não foi capaz de atuar em torno de suas barreiras regulamentares, enquanto que outros conseguiram. Os benefícios incluem a sua própria carteira Bitcoin, a Xapo “Vault”, que é livre para usar. O recurso Vault permite muito mais segurança, criptografia avançada, armazenamento offline e “segurança física de nível militar.” As dificuldades são o preço acima da média (até US$20), os cartões podem demorar até 35 dias para ser recebido, dependendo da sua localização, e as taxas anuais, mas após um ano é gratis. Os limites são os mesmos que o Wirex, equivalente a US$ 200 por transação em caixas automáticos, já o usuário verificado tem todos os limites removidos.

CryptoPay     cryptopay

Se você pesquisar por “Cartões de débito Bitcoin” no Google, o  CryptoPay vem em primeiro lugar nos resultados. Isso significa que ele é o melhor cartão de débito? Vamos ver.

Leia também  Banco da Rússia alerta que é "muito cedo" para permitir criptomoedas, alertando riscos das ICOs

Com o cryptopays temos acesso as três principais moedas, e podemos comprar o cryptopay com essas moedas ou com Bitcoin, e ele é enviado livremente em qualquer lugar do mundo. Você vai ter prazos de entrega mais rápido na Europa, que é cerca de 5 dias úteis.

O preço do cartão é ligeiramente acima da média, cerca de US$ 15 USD/ EUR / GBP. Eles oferecem o transporte de 3 dias com o DHL, mas os preços podem chegar até US $ 75 USD. Como o Wirex, você também tem que pagar por um cartão “virtual”, mas apenas US$ 2,50. E há taxas mensais de serviço para todos os seus cartões, mesmo que seja o virtual. Há também uma taxa de cartão de recarga de 1%.

 

BitPay bitpay

Chegamos ao mais novo de todos os principais cartões, o BitPay. Este cartão só está disponível há apenas três meses. Como você pode ver, ele não tem uma dessas fichas metálicas na frente, mas sua utilidade não é limitada. Os benefícios incluem os mais altos limites de todos os outros comparados (sem verificação). Cada cartão pode conter até US$ 25.000 em conta, e até US$ 3.000 pode ser retirado diariamente, $ 750 de cada vez. Nenhuma documento é necessário e o custo é baixo apenas US$9,95. Você pode configurar depósitos diretos no cartão, se por exemplo você recebe salários em Bitcoin. E também não há taxa para alterar o PIN (a maioria dos cartões desta lista têm uma taxa de US $ 1). Infelizmente, o Bitpay só está disponível para cidadãos americanos, e você só pode compra-lo com Bitcoin. Outras moedas também não estão disponíveis. Só é solicitado o preenchimento de um simples formulário de pedido online.

Leia também  Bittrex e Trezor advertem sobre Bitcoin Gold: código está inacabado

 

O Vencedor

O vencedor neste confronto vai depender da sua localização e de cidadania. Se você é americano, o cartão BitPay é o vencedor fácil. Altos limites, fácil de usar, e não há coleta de dados de terceiros tornando-o fácil de encomendar. Mas nós somos Brasileiro e esse cartão ainda não está disponível para nós. Porém o Bitpay apesar de ser relativamente novo, é a próxima geração de cartões de débito bitcoin, o que o tornará o cartão global do futuro. Para todos fora dos EUA, o cartão XAPO é o melhor, mesmo sendo um dos mais antigos é o melhor cartão bitcoin global no mercado hoje. A abundância de opções de segurança e de moeda, e toda a cobertura global e suporte oferecidos, caso você precise de respostas para suas dúvidas e perguntas. Ele oferece mais recursos de segurança e e as menores taxas.

Considerações Finais

Nenhum cartão é perfeito, mas o mercado já percorreu um longo caminho desde o BitPlastic, e se você possui Bitcoins, significa também que você poderá comprar tranquilamente em qualquer lugar do mundo.

[Atualização 02/08/2017 – A partir de agora os cartões da XAPO, Bitwala e Shakepay não estão mais atendendo a residentes não europeus – leia mais aqui]

Diante dessas opções, agora nos diga qual a sua escolha? Participe da enquete abaixo.

Na sua opinião, qual o melhor cartão de Débito Bitcoin, atualmente?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...
loading...

15 Comentários


  1. A poucos dias uma pessoa me indicou um cartão que segundo ele falou, é brasileiro, é o Mibank.. alguém conhece ele? Tem alguma vantagem em relação aos tradicionais citados acima?

    Responder

  2. Olá pesssoal, estava pensando em fazer um cartão desses, mas pelo que vi, a cotação BTC/BRL praticada por eles é sempre mais baixa do que o nós pagamos nas corretoras para comprar BTC. Achei que seria interessante fazer um cartão desses para poder fazer compras no exterior e me livrar do IOF mas acho que não vale a pena, o que vocês acham?

    Responder

  3. Me tirem uma duvida se usar o pagseuro a receita federal nao vai embacar e querer saber de onde vem o dinheiro que voce inseriu
    Dai vc vai ter que correr atraz de um monte de conprovante e documento pra prestar contas?

    Responder

  4. Due to recent regulations, Xapo is required to suspend Debit Card services for all users living outside of European Territory.
    This means that on October 15th, your Xapo Debit Card will be suspended.
    You will be able to continue using Xapo’s other services besides the Debit Card.
    We will soon contact you with a further information regarding when your Xapo Debit Card will be suspended. Until then, you can continue to user your card normally.
    You can read more about these changes in the Xapo blog and in our FAQs.
    We sincerely apologize for any inconvenience this may cause for you. We are committed to finding new and improved debit card solutions for all of our non-European customers.
    Thank you for your patience,
    Best regards,

    Responder


  5. ‘VOU MANDAR ALGUM DINHEIRO PARA O USA, SOU NEOFILO NO BITCOIN, NECESSITO DE AUXILIO.

    Responder

    1. Oi Carlos. Td bem?
      Cara pede pra pessoa lá nos EUA fazer uma carteira na Coinbase, vc envia os bitcoins pra carteira e ela facilmente poderá vender por dólar.

      Responder

  6. O Bitpay card agora é enviado para outros países; pedem só o documento de identidade.
    Apesar de não cobrarem anuidade ou mensalidade, ele passa a cobrar $5 por mês se vocês não usar o cartão por 90 dias.
    A taxa de saque está pau a pau com o ADVcash.
    O advcash cobra $2 ou 2 euros se vc estiver dentro de algum dos países que aceitam essas moeda, enquanto que moedas estrangeiras, é cobrado $3 ou 3 euros; o bitpay cobra os mesmos $3 para moedas estrangeiras.
    A taxa de conversão de moeda do advcash é de 2,95%, enquanto que a do bitpay é de 3%. Não é uma graaande diferença.
    Uma vantagem que o Bitpay teria sobre o Advcash, é que ele não precisa de enviar outros documentos pra aumentar o limite, como já frisado aí no artigo.
    O limite de saque e compra também é o mesmo do advcash: $10.000 para compra e $3.000 pra saque.

    Até que enfim o Advcash ganhou um concorrente de peso no que se refere à ausência de anuidade ou mensalidade e competitividade nas taxas cobradas.

    https://bitpay.com/card/resources/Fees.pdf

    Responder

    1. Valeu Riki, nós do guiadobitcoin ficamos felizes em ver que o nível de conhecimento dos “Brs” está aumentando. Ótimo comentário, muito boa observação, super esclarecedor, vou até ver a possibilidade de adquirir um cartão bitpay. Abraços

      Responder

      1. Diego, poucos dias atrás também descobri esse site aqui: https://www.paguecombitcoin.com/

        Com ele é possível pagar boletos com Bitcoin. A grande vantagem disso é que se alguém tiver conta em algum site de armazenamento de fundos(como pagseguro ou mercado pago), é possível pagar boletos de adição de fundos para essas contas, e de lá enviar para o seu banco.
        Embora um cartão internacional ainda continue sendo importante, se o negócio for apenas converter o Bitcoin para Reais, essa alternativa seria mais recomendada, já que fugiria da taxas de câmbio e tarifas de saque muito altas.


      2. Fala Riki, td bem?
        Esse site realmente é muito bom.
        Cara, pra quem quer apenas converter BTC/real tem essa opção também: abre uma conta digital no banco intermedium, os depósitos na conta são via boleto que podem ser pagos por esse site que vc indicou, é meio demorado, mas também é muito bom.
        Valeu


      3. Opa, valeu pelo toque, não conhecia esse banco aí não. Vou dar uma olhada no site deles.


      4. Quando você gera um boleto no Pagseguro será cobrada uma taxa de R$ 1, e consequentemente quando fizer um saque usando o cartão internacional será cobrada uma taxa de $2,50, ou seja.. no final das contas pagará mais, e no mercadopago existe uma tarifa de R$ 3 para transferência bancaria.


    2. mas fui me cadastrar e lá não tem a opção do Brasil, tem vários paises, menos o Brasil,

      como faço??

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *