Bolívia aumenta repressão as moedas digitais

Os parlamentares bolivianos decretaram uma repressão ao uso das criptomoedas, prendendo 60 pessoas em um workshop e acusando-as de disseminar um “esquema de pirâmide”.

Em um comunicado emitido pela Autoridade de Supervisão do Sistema Financeiro do país ASFI, seu chefe Lenny Valdivia Bautista disse que é necessário “lembrar” à população que moeda virtual de qualquer tipo está “proibida”.

“Por meio dessa comunicação formal, é importante exortar a população a denunciar casos em que as pessoas buscam se aproveitar das economias dos cidadãos”, disse Bautista.

Seus comentários, por mais sérios que fossem, atingiram um tom altamente irônico. Governos de todo o mundo consagraram o uso do Bitcoin na lei como um método de pagamento legítimo, e a ASFI tentando produzir provas de que as moedas digitais são um esquema piramidal, isso demonstra o receio daquele país para o crescimento das criptomoedas na sua frágil economia.

“… Estamos dizendo para a população boliviana não ser enganada, não participar desses grupos fechados … que se aproveitam das pessoas afim de enganá-las e se apropriar de seu dinheiro”, ele sustentou a idéia de “golpe”, e citou que pessoas já estão sendo presas por conta desses “esquemas”.

A confusa compreensão da tecnologia por trás das criptomoedas pela Bolívia parece acompanhada de medidas ainda mais rígidas do que as que ocorreram na Venezuela.

Leia também  A moeda do jogo World of Warcraft vale quase 7 a 60 vezes mais do que um bolívar, a moeda venezuelana

Guia do Bitcoin

loading...

Petro: EUA irá punir americanos que comprarem criptomoeda venezuelana

O jornal venezuelano El Naciona informou que o Departamento do Tesouro dos EUA alertou os cidadãos dos EUA que desejavam investir na criptomoeda estatal criada pelo governo da Venezuela, informando-os que poderiam sofrer penalidade…

0 Comentários

Conferência na Holanda para discutir o futuro da Bitcoin

Qual é o futuro do Bitcoin? Com a criptomoeda batendo recordes de preço, talvez seja o momento mais pertinente para fazer esta pergunta. Entre 30 de junho e 1 de julho…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link