Japão reconhece oficialmente Bitcoin e moedas digitais como dinheiro

Os bancos japoneses definiram que irão abraçar o , após novas leis propostas. O Bitcoin finalmente veio na hora certa para a terra do sol nascente?

Em 4 de Março, 2016, o “The Japan Times” informou que o Gabinete do aprovou uma série de projetos de lei que ajudarão o setor bancário a expandir seu alcance quando se trata de empresas de Tecnologia da Informação. Este entrelaçamento de serviços bancários e de TI são chamados de ‘FinTech’, na linguagem emergente.

Curiosamente, o gabinete também leva em consideração a importância crescente de moedas virtuais e as novas contas já irão reconhecê-los como um meio de fazer pagamentos e ter o potencial de ser transferido digital.

O Japão acaba de dar legitimidade a moedas virtuais, algo que muitas outras nações ainda estão lutando para entrar em acordo.

japao-aceita-cryptomoedas-bitcoin

Então Saito, advogado na lei que é especializada em moedas virtuais, disse:

“Eu acho que a nova lei vai avançar uma aceitação de Bitcoin e outras moedas. Algumas das principais agências de instituições financeiras, investidores e publicidade . hesitaram em reconhecer Bitcoin como algo relevante. As razões são que Bitcoin ainda não é regulamentada, a natureza do que tem sido incerto e alguns ainda têm uma má impressão sobre Bitcoin”.

Kagayaki (Kaga) Kawabata, Líder de Desenvolvimento de Negócios da Coincheck.jp, disse:

“Acreditamos que este movimento é positivo para o Bitcoin e as comunidades de . Uma vez que ocorreu o incidente com a Mt. Gox, a maioria das pessoas no Japão não confiava no Bitcoin pensando que a Mt. Gox representava o Bitcoin. As pessoas pensavam que o Bitcoin era o dinheiro usado para atividades fraudulentas. Legalmente aceitar Bitcoin como semelhante a moeda fiduciária vai mudar a forma como as pessoas percebem Bitcoin e em geral. O movimento deste governo tem um impacto enorme em ajudar o Bitcoin para ser reconhecido pelo público em geral e irá acelerar uma integração do Bitcoin por outras empresas. Além disso, desde então, o Japão é um dos primeiros países a tratar a Bitcoin como moeda fiduciária é isso é de extrema importância. Será uma grande para o Japão mostrar que eles estão buscando ativamente tecnologia inovadora em todo o país.”

Trazendo Tecnologia da Informação para os Bancos

O setor bancário no Japão iria beneficiar a maioria das leis propostas. Já os bancos no Japão são mais abertos sobre Bitcoin do que seus concorrentes europeus que parecem fechar as portas para as pessoas que são participantes ativos no mundo de criptografia.

Leia também  O que fazer com o Bitcoin?

Jeremy Wood, Co-fundador e CSO da Input Output, uma empresa que opera em Hong Kong e no Japão, disse:

“Eu acho que, em alguns aspectos, os bancos já aceitaram Bitcoin. No Japão, os bancos não fecham as portas para às empresas que trabalham com Bitcoin. “

O Bitcoin e Mulheres do Japão: um papel-chave na adoção do Bitcoin

mulheres-no-japa-bitcoin

O Japão é único no mundo das finanças pessoais em que muitas decisões financeiras são tomadas pelas mulheres da casa. Lá é bem conhecido que muitos homens recebem um subsídio fixo de suas esposas, que são na sua maioria donas de casa. Este subsídio é conhecido como “okozukai” e enquanto os homens podem se divertir com este dinheiro, a maioria deles tem pouca influência nas finanças domésticas. As mulheres japonesas são considerados os gestores de dinheiro e assistentes de investimento. Em um ambiente onde as taxas de juros são zero e abaixo de zero, a dona de casa japonesa está na espreita de novas e interessantes opções de investimento.

Leia também  Vem aí o Ethereum 2.0: criador da plataforma anunciará em breve na China

Na verdade, Jeremy Wood, o Co-fundador da Input Output, foi pego de surpresa pela curiosidade de esposa japonesa sobre Bitcoin:

“Fiquei muito surpreso quando minha esposa me disse que queria comprar Bitcoin. Os japoneses estão interessados. Até a minha mãe fez perguntas sobre Bitcoin”.

Jeremy pensa no entanto, que enquanto Bitcoin for atraente para os japoneses como uma forma de investimento, quase não pensa que iria utilizá-lo para transações no dia-a-dia, pois atualmente no Japão circula muito dinheiro (dinheiro de papel).

O Japão e o Futuro do Bitcoin

O Japão abriu o caminho para o Bitcoin e outra moedas virtuais para desempenharem um papel no país do sistema financeiro. Desta forma, estas moedas podem ser melhor regulamentadas e geridas dentro do país.

A tecnologia por trás dessas moedas também podem ser aproveitadas pelo atual sistema bancário. Isto, certamente, daria ao sistema japonês bancário uma vantagem pelo início dessa adoção. Isso não significa porém que o Bitcoin tem um estatuto paralelo ao iene japonês.

Leia também  Maior autoridade fiscal da Itália reconhece Bitcoin como uma moeda e quer taxar o seu uso

Charles Hoskinson, Co-fundador e CEO da Input Output, observa:

“Em termos da perspectiva de um governo, enquanto você pode pagar seus impostos com ele, não é um par com o dinheiro do governo.”

No entanto, as novas leis propostas pelo gabinete japonês são um grande passo a frente e são muito bem-vindas e algo que outras jurisdições poderão inspirar-se.

Via: CoinTelegraph
Crédito da imagem: CoinTelegraph
Tradução e adaptação: Guia do Bitcoin

Comentários

Comentários

3 Comentários


    1. Rosane, Bitcoin minerar não vale a pena mais, mas você pode operar no mercado de câmbio FOREX… pesquise mais sobre o assunto. Só invista o dinheiro que você possa perder!

      Responder

  1. Quero Aprender como Ganhar muito Dinheiro minerando e Comprando Bitcoins

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *