Governo da China divulga novo relatório sobre Blockchain e demonstra apoio a tecnologia

O chinês lançou alguns de seus primeiros resultados sobre a sua pesquisa em  .

O Ministério da Indústria, Tecnologia e da Informação, da publicou um novo documento que explora várias aplicações da tecnologia. Seu lançamento esta semana coincidiu com um fórum sobre blockchain oferecido pelo governo chinês com o objetivo de incentivar a cooperação entre as partes interessadas da indústria e membros da comunidade empresarial do país, de acordo com um discurso do secretário do Ministério, Xie Shaofeng.

O documento fornece uma visão ampla da tecnologia e seu desenvolvimento dentro e fora da China. Itens específicos incluem como se pode trabalhar com as transações com , por exemplo.

Além disso, o documento descreve as áreas em que as normas em torno do blockchain podem ser formulados para ajudar a estimular a adoção entre as empresas dominantes, em particular no espaço finanças. Ela atinge um tom progressivo, sugerindo que a China enfrenta uma grande oportunidade deve a tecnologia madura e tornar-se integrado dentro de suas indústrias de negócios.

Leia também  Tecnologia Blockchain funciona e reduz custos: confira o relatório da indústria bancária japonesa

O Ministério da Indústria e TI disse no prefácio do white paper (traduzido aproximadamente):

“[Nós] esperamos que todos os setores trabalhem em conjunto para compreender ativamente as tendências e os regulamentos do desenvolvimento em torno do blockchain… para criar um ambiente favorável para o desenvolvimento [e] acelerar a promoção da tecnologia blockchain e desenvolvimento industrial da China.”

Uma gama de participantes da indústria, incluindo a Ping An Insurance e a gigante automobilística Wanxiang – duas grandes empresas na China, que estão trabalhando com a tecnologia – disseram ter ajudado a moldar a pesquisa.

China: o país do Bitcoin

A publicação é talvez um reflexo do papel da tecnologia na China.

bitcoin-blockchain-china

Por muito tempo a China foi um hub para a troca de bitcoin e para mineradores – a maioria dos mineradores de bitcoin do mundo são baseados no país – um número crescente de empresas focada em aplicações blockchain também surgiram. O ano passado viu um crescente interesse entre os funcionários locais e estaduais também.

Leia também  Charity DAO: Uma nova forma de doar. Conheça o novo DAO

A China também tem visto a formação de novos grupos de trabalho que envolvem ambas as startups e empresas existentes, como o desenvolvimento do popular aplicativo de mensagens QQ.

Via: Coindesk
Adaptação e Tradução: Guia do Bitcoin

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *